A busca pela boa forma é constante. A cada dia surgem novas dietas com restrições de nutrientes, de determinados alimentos ou grupo deles. E essas dietas são rotuladas como milagrosas.

Os resultados podem até acontecer em questão de dias, mas logo após o interrompimento da dieta, o peso corporal volta ao antigo e muitas vezes, com um peso maior do que você esperava. Isso gera o famoso “efeito sanfona”. Caracterizado pelo emagrecimento rápido e em seguida, ganho de peso, deixando a pele flácida e alterando os nossos hormônios.

Você considera isso saudável? Espero que a sua resposta seja não. Mudanças bruscas no nosso organismo não são vistas de forma positiva. Uma reeducação alimentar gradual é o que podemos oferecer de melhor para nosso corpo, tanto em relação à saúde quanto a estética.

Por que há uma busca incessante pelo emagrecimento?

Todo mundo deseja ter um corpo bem aceito socialmente. A maior influência neste ponto é da mídia, ainda mais para o público jovem. Colocam o corpo magro como um objetivo e estado de “perfeição”. Assim, muitos adolescentes, até mesmo adultos, seguem à procura de uma dieta milagrosa.

Quais são os riscos que uma “dieta milagrosa” pode oferecer?

dieta-milagrosa-cuidado-com-efeito-sanfona-boa-alimentacao

Uma dieta milagrosa, dependendo do que ela restringe a quantidade permitida, representa inúmeros riscos para a sua saúde.

A maioria dessas dietas não possuem informações científicas, ou seja, efeitos comprovados. Por serem muitos restritivas, geram baixa ingestão de nutrientes essenciais para todo nosso metabolismo. Para que todas as reações metabólicas ocorram corretamente, precisamos de todos os nutrientes, até mesmo cada vitamina e mineral.

Outros riscos de dietas milagrosas são:

  • Cansaço
  • Fraquezas
  • Indisposição durante o dia
  • Carências de vitaminas e minerais
  • Restrição calórica, já que nosso organismo precisa de energia para todas as suas funções (até mesmo para a queima de gordura).
  • Comprometimento do crescimento e desenvolvimento
  • Efeito sanfona

Diversas pesquisas apontam que o “efeito sanfona” é mais prejudicial do que o sobrepeso, pois favorece diabetes e outras doenças crônicas.

Em relação ao comprometimento do crescimento e desenvolvimento, é importante destacar que uma dieta milagrosa não leva em consideração o individuo em si, suas particularidades e necessidades fisiológicas.

Outro risco de uma dieta milagrosa, é que nenhuma delas proporciona um vínculo com a alimentação saudável. Pois quando se atinge o objetivo esperado, todos os erros na alimentação voltam a acontecer. E por outro lado, quando uma dieta não dá resultado, você pode até pensar que a alimentação saudável não é uma boa opção.

O que é preciso avaliar antes de começar uma dieta?

Faça uma auto avaliação. Reflita sobre suas metas, trace seus objetivos, como você deseja alcança-las e em quanto tempo.

Escreva em um papel quantos quilos você tinha há 5 anos atrás, há um ano e em 3 meses. Você ganhou quantos quilos nesse tempo? Você engordou mais de 3 quilos em 3 dias? Acredito que não. Então o que você deve ter em mente é que o emagrecimento segue essa mesma linha. Não há dieta milagrosa que te faça perder muitos quilos em poucos dias. Emagrecimento rápido não ocorre de forma saudável.

O que pode ser considerado uma dieta milagrosa?

Dieta milagrosa é aquela que oferece muitos benefícios em pouco tempo, geralmente acompanhada de restrição. Os famosos “não pode isso”, “não pode aquilo”, “esse alimento nem pensar” e por aí vai. São dietas sem variedade, monótonas que quer controlar cada escolha e não te dá liberdade.

Sempre surge uma dieta com nome diferente, que atrai a atenção da mídia. Uma das mais famosas é a dieta da proteína, que libera o consumo de gorduras e proteínas e proíbe o consumo de carboidratos. Os riscos? Pode haver aumento do nível de colesterol e risco de doenças cardiovasculares. Dietas apenas com shakes nas refeições, que por mais que ofereçam muitas vitaminas e minerais, podem ocasionar carências nutricionais quando substituem refeições.

Que dietas são essas? Alguns exemplos: dietas líquidas, dieta das frutas, dieta sem carboidrato, dieta da limonada, dieta da melancia, regime japonês, dieta da papinha de bebê e até mesmo inusitadas, como a do vinagre.

Dieta não pode ser apenas um período que você ”passará fome” até emagrecer e depois pode consumir o que quiser. Dieta deve ser o início de reeducação alimentar.  Conheça o seu organismo e tudo o que ele precisa.

Todos podem seguir uma dieta milagrosa?

Na verdade, ninguém deveria seguir. Porém, alguns grupos de indivíduos devem estar mais atentos às suas necessidades fisiológicas, mudanças no metabolismo, já que para seguir uma dieta, deve ter uma avaliação completa antes de sua elaboração. Portanto, grávidas, mulheres em período da menopausa, crianças, diabéticos, portadores do HIV não devem seguir uma “dieta milagrosa”. Em cada período da vida, situação ou enfermidade, há uma ressalva e exigência de condutas distintas. 

Existe dieta milagrosa?

Definitivamente não! Se existisse, não encontraríamos tantos nomes diferentes de dietas emagrecedoras e tentativas sem sucesso.  De nada vale estarmos no “peso ideal”, mas sem a nossa saúde.

Conclusões para uma dieta saudável:

  • Primeiro é preciso que você aceite o seu corpo, suas características e particularidades para saber por onde começar e chegar.
  • Não deixe de comer e nem pule nenhuma refeição. Equilíbrio. Essa é a chave para o sucesso.
  • A maior garantia para você emagrecer e chegar ao seu objetivo, sem o risco de recuperar os quilinhos a mais, é mudar os hábitos alimentares através de orientações nutricionais específicas.
  • Faça avaliação e acompanhamento nutricional para entender o seu organismo e chegar ao resultado esperado.
  • Exercitar nosso corpo é o gatilho para o emagrecimento. Corra de uma dieta milagrosa que enfatize que você não precisa de exercício físico. Os efeitos de atividades físicas regulares representam muitos benefícios para quem busca bons resultados corporais. É importante seguir orientações e ser acompanhado por um profissional habilitado.
  • Seja determinado, tenha comprometimento e foco. Surpreenda-se com uma nova alimentação, saborosa e saudável.

Segredo para o sucesso? Paciência, persistência e foco.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *