A importância de uma alimentação saudável é inquestionável. Para que todas as atividades do organismo humano sejam desempenhadas, ele precisa estar bem nutrido, não apenas com alguns nutrientes, mas com equilíbrio de todos. O corpo precisa conter todos os nutrientes para desenvolver as atividades metabólicas, tanto de anabolismo como de catabolismo.

Atividades anabólicas são as construtivas, como a formação de proteínas a partir de aminoácidos, produção de bases nitrogenadas a partir dos esqueletos carbônicos de aminoácidos, síntese de ácidos graxos, dentre outras. E as catabólicas englobam a respiração celular, respiração anaeróbica e a beta-oxidação.

Os nutrientes são divididos em macro (proteínas, carboidratos e lipídios) e micronutrientes (vitaminas e minerais).  Para um indivíduo saudável, a proporção de macronutrientes deve ser: 50% – 60% de carboidratos, 25%-35% de lipídios e 15% – 25% de proteínas.

A deficiência de alguns nutrientes (até mesmo de um) pode gerar danos orgânicos, desequilíbrios que podem culminar em patologias como anemia ferropriva, anemia megaloblástica e muitas outras. É necessário darmos a real importância de uma alimentação saudável em nossas vidas.

Colocar em prática e saber a importância de uma alimentação saudável é essencial para a manutenção do nosso peso ou a chegada do nosso peso ideal.

Quando não balanceamos a nossa dieta e consumimos mais calorias do que o necessário, nosso corpo armazena na forma de gordura e aumentamos o nosso peso. Porém, quando ingerimos quantidades menores de calorias, nosso organismo reage “queimando” as reservas existentes (músculo, tecido adiposo).

veja-qual-importancia-de-uma-alimentacao-saudavel-boa-alimentacao

Não é apenas na vida adulta que a importância de uma alimentação saudável deve ser vista. Na infância, uma boa alimentação é garantia de adequado desenvolvimento físico e mental. Na adolescência, que nosso corpo passa por inúmeras mudanças, todos os nutrientes são peças chaves para que as transformações ocorram corretamente a partir da síntese de hormônios. Na terceira idade, ou melhor idade, há necessidade de alimentação saudável para a prevenção e tratamento de patologias, diminuição da perda de massa magra e manutenção do corpo saudável. Escolha sempre ser saudável!

Por todos esses motivos a importância de uma alimentação saudável deve ser reavivada em nossa vida. Precisamos de equilíbrio. Escolher bem os alimentos para viver melhor!

Cuide-se!

O cuidado com nosso corpo deve ser constante ressaltando a importância de uma alimentação saudável. Uma alimentação correta, cautelosa, moderada e com quantidade suficiente de calorias é essencial para termos qualidade de vida.  Além da importância de uma alimentação saudável, deve-se destacar a necessidade conjunta de atividade física regular. Resultados bons chegam quando nos esforçamos.

Nutrientes: onde encontra-los?

Devemos nos preocupar com o que colocamos para dentro do nosso corpo através da alimentação. Conhecer a composição de cada alimento é fundamental.

  • As frutas (laranja, mamão, manga, uva, romã, etc) são muito variadas, principalmente no Brasil que possui um clima tropical. Podem ser doces, cítricas, macias, consistentes. Cada fruta apresenta composição diferenciada para vitaminas, minerais e carboidratos. O que vale é sempre consumir frutas durante o dia, 5 porções, variando as cores e sabores.
  • As hortaliças (alface, tomate, almeirão, palmito, rúcula, agrião, couve) são ótimas fontes de vitaminas hidrossolúveis (vitamina C e complexo B) e lipossolúveis (A, D, E e K). Uma boa escolha é consumir hortaliças todos os dias, podendo ser como saladas, refogados, variando as hortaliças e as formas de preparo.
  • Os cereais integrais (arroz, quinoa, amaranto, pães, massas) são ricos em carboidratos. A melhor opção sempre será o integral por possuir maior teor de fibras (que aumentam a saciedade), vitaminas e minerais, além de menor índice glicêmico.
  • As leguminosas (feijões, lentilha, ervilha, grão-de-bico) apresentam carboidratos, fibras, proteínas e vitaminas do complexo B.
  • As oleaginosas (castanhas, amendoim, nozes, amêndoas, avelã) fornecem proteínas, gorduras insaturadas (as ditas gorduras boas), vitaminas (principalmente complexo B) e minerais importantes como o magnésio.
  • Carnes (preferencialmente as magras) e ovos oferecem ao nosso organismo maior teor de proteína, lipídios, vitaminas e minerais (ferro).
  • Leite e derivados (queijos, iogurtes, requeijão) são fontes de proteínas, lipídios, vitamina D e minerais (destaque ao cálcio).

Dicas para uma alimentação saudável:

Para quem deseja praticar e ressaltar a importância de uma alimentação saudável seguem 8 dicas:

  1. Consumir sempre cereais integrais.
  2. Dar preferência a alimentos orgânicos.
  3. Aumentar o consumo diário de fibras ingerindo frutas, verduras e legumes, aveia, linhaça, chia, amaranto, quinoa, farinha de trigo integral, farelo de trigo, gérmen de trigo.
  4. Quando bater a fome, tenha uma fruta na mão! São as melhores opções para lanches rápidos e não precisam de muito esforço para ingerirmos!
  5. Evitar alimentos industrializados porque são ricos em aditivos químicos e sódio. Quanto menor a validade, menos conservantes.
  6. Diminuir o consumo de sal ( máximo: 5g/dia).
  7. Evitar frituras, alimentos açucarados (balas, doces, chocolates, bolos recheados).
  8. Não trocar as refeições por comidas tipo fast food.

 

A importância de uma alimentação saudável pode ser resumida em três tópicos: saúde, qualidade de vida e bem-estar.

 

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *