No Brasil, a maioria das pessoas que querem perder peso de forma saudável, buscam a dieta dos pontos, que é recomendada até mesmo pelos médicos e foi popularizada pelo programa vigilantes do peso. E, apesar de ser uma dieta bastante conhecida, muita gente ainda tem dúvidas sobre como ela funciona.

A dieta dos pontos tem um princípio bem simples. Basta você descobrir qual é o seu limite de pontos diário e fazer o seu, de acordo com a tabela da dieta (nesse artigo) que classifica cada alimento com uma pontuação diferente.

Por exemplo: se o seu limite diário é de 350 pontos, você só pode comer alimentos que pontuem até, no máximo, esse valor. Se você deixar um cardápio pronto para a semana toda, fica bem fácil de controlar a dieta.

Dieta dos pontos na prática

No lugar de contar as calorias, você soma pontos dos alimentos. Cada ponto vale 3,6 calorias. Assim, você pode comer o que gosta, desde que seja dentro do um limite de pontos diários.

como-funciona-a-dieta-dos-pontos-boa alimentacao

Se você quer secar 4 kg em um mês, por exemplo, você precisa consumir cerca de 320 pontos por dia (o que dá em torno de 1.200 calorias). Neste caso, é recomendado separar de 160 a 170 pontos para os carboidratos, de 30 a 50 pontos para as proteínas e, no máximo, 90 pontos para as gorduras.

Como faço para usar a tabela da dieta dos pontos?

Bom, essa tabela é primordial para começar a sua dieta. No começo, é meio complicado lidar com os números. Mas, com o tempo, você memoriza os valores e tudo fica mais simples.

dieta-dos-pontos-tabela-boa-alimentacao

Como montar um cardápio para a dieta dos pontos?

Desde que você se mantenha no seu limite de pontos diário, o seu cardápio pode ser montado da forma que você quiser. A dieta dos pontos dá muita liberdade para a pessoa justamente por isso.

Mesmo assim, não é recomendado trocar alimentos saudáveis por frituras, por exemplo. Para dar ao seu organismo todos os nutrientes dos quais ele precisa, é recomendado comer um pouquinho de tudo.

É indicado também evitar os carboidratos após as 18h. Isso porque, o carboidrato, quando em excesso, acaba sendo estocado como gordura. E, como à noite você não vai se movimentar, a tendência é de ganhar peso. O mais indicado é investir em proteínas, carnes magras e em saladas a partir deste horário.

Pode observar que, na dieta dos pontos, os alimentos mais saudáveis (frutas, verduras e legumes) são aqueles que têm menos pontos.

Dicas para a dieta dos pontos dar certo

– Faça um diário do que você come, anotando alimento por alimento que comer e vá colocando a pontuação de cada um. Assim você tem muito mais controle da dieta;

– Reserve 15 pontos para o tempero das principais refeições (almoço e jantar);

– Se você for comer fritura, multiplique os pontos do alimento por três. Já se for à milanesa ou empanado, multiplique por quatro;

– Ultrapassou a sua meta diária de pontos? Então compense comendo menos no outro dia ou intensifique os exercícios para gastar mais calorias;

– Antes de começar uma grande refeição (almoço ou jantar), coma uma boa quantidade de salada. Isso evita que você exagere nos outros alimentos e extrapole a sua meta;

– Coma de 3 em 3 horas. Assim o seu metabolismo fica mais acelerado e as gorduras são queimadas mais facilmente;

– Mastigue bem os alimentos;

– Não exagere nos líquidos durante as refeições. No máximo, beba um copo de água ou suco em copo pequeno;

– Faça sempre exercícios. Isso acelera os resultados da sua dieta!

 

This Post Has One Comment

  1. Parabéns pelo artigo! Eu já estou a alguns anos buscando a formula para emagrecer, já tentei dieta, remédios e tudo que possa imaginas, mas nunca tive resultados…seguindo as suas dicas e fazendo tudo certinho agora posso me sentir realizada!
    Obrigada
    Beijoos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *